Notícias | - 3:05 am


Casamento à prova de dívidas4 min read

Com planejamento financeiro é possível que o casal viva em harmonia

Casamento à prova de dívidas4 min read

O “felizes para sempre” pode não ser “para sempre” quando surge a bagunça financeira. As dívidas e a inadimplência conjugal podem abalar até a estrutura do mais forte dos casamentos.

Segundo dados do Serasa Experian, o dinheiro é a principal causa de brigas entre os casais. Já o Serviço de Proteção ao Crédito revela que falar sobre orçamento familiar só é algo comum para 38,9% das famílias brasileiras.

Os erros mais comuns vão desde delegar a responsabilidade financeira a um dos cônjuges até a infidelidade financeira. Um em cada três casais desconhece a renda do parceiro e os gastos e dívidas dele.

Marcos Silvestre, economista e consultor em finanças pessoais, atribui esse comportamento a uma ideologia de extremo individualismo disfarçada de respeito. “O nosso parceiro não precisa deixar de lado sua privacidade com gastos, mas, antes disso, tem que planejar as despesas comuns.”

Por isso, os casais devem respeitar três pontos antes de fazer qualquer gasto: os sonhos dos dois, os planos da esposa e os do marido. O ponto de partida é o diálogo aberto, estabelecendo prioridades e estratégias de ação. Silvestre recomenda aos casais marcar encontros semanais de meia a uma hora de duração para falar de dinheiro.

As conversas podem ocorrer de forma aberta desde o namoro, momento em que um deixa claro para o outro quais são os objetivos de vida e desejos pessoais. é preciso entender que nessa fase o parceiro deve estar livre para fazer suas escolhas e tomar decisões de compra e de investimentos pessoais. Somente depois de casados que marido e mulher deverão definir quais gastos terão e a parcela que cada um assumirá para quitá-los.

Orçamento

O educador financeiro Edélcio Fonseca afirma que na hora de montar o orçamento é preciso que o casal faça um levantamento prévio das despesas essenciais para a sobrevivência (água, luz, aluguel, comida), das despesas secundárias (educação, lazer, etc.) e identifique o que não pode deixar de pagar.

Nessa planilha, deve constar ainda os salários líquidos do casal (salário bruto menos descontos ou impostos) e a soma do que ganham.

Outra recomendação é de que pelo menos 20% dos salários sejam destinados a uma reserva para emergências e cerca de 10% para lazer ou gastos individuais de cada um.

Os dois especialistas defendem que seja usada uma conta conjunta para as despesas da casa e gastos que impactem o casal. Mas cada um também deve ter contas individuais para os gastos particulares.

Para Fonseca, ser um casal é trabalhar em conjunto, sem individualismo financeiro, muito comum entre os mais jovens. “Se você não age em conjunto, está só dividindo despesas e gerando problemas futuros. Devemos ter um conceito de família”.

Para definir com quanto cada um contribuirá, Silvestre recomenda que cada um deve pagar proporcionalmente à sua renda. Se os salários forem iguais, a divisão será 50%, mas, caso um deles ganhe o dobro, deve pagar o dobro. Assim o peso das finanças será o mesmo para ambos.

Fonseca lembra também das contribuições não monetárias muito desvalorizadas hoje nos casamentos. “Se alguém não trabalha e está cuidando dos filhos, do lar, esse tempo e esforço não devem passar despercebidos.”

Investimentos

Investir é um dos princípios da prosperidade. Segundo Marcos Silvestre, o casal deve destinar entre 10% e 30% da sua renda para aplicações, seja na poupança, previdência privada, ações ou no Tesouro Direto. Esse investimento é o mais indicado para quem procura bons rendimentos com pouco risco.

Silvestre conclui que casais felizes são poupadores frequentes, gastadores econômicos, suficientemente controlados e responsavelmente antenados nos assuntos de dinheiro que interferem na vida a dois. Não é necessário ser um financista, mas sim cultivar a simplicidade e o planejamento contínuo das despesas.

Não perca o Congresso Para o Sucesso, que
acontece às segundas-feiras, no Templo de Salomão. Para encontrar uma Universal
mais próxima de você, acesse
www.universal.org/enderecos.

Caso queira adquirir o livro “50 Tons Para o Sucesso”, que contém dicas
para a vida profissional e financeira, acesse o Arca Center,
clicando
aqui
.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Katherine Rivas / Fotos: Fotolia / Arte: Eder Santos 


reportar erro