Notícias | - 2:05 am


África: primeira reunião em comunidade do Zimbábue3 min read

Em Masvingo, 700 pessoas se reuniram para aprender sobre a fé que faz o impossível acontecer

África: primeira reunião em comunidade do Zimbábue3 min read

O bispo Justice Colidiza atravessou os 298 quilômetros que separam Harare, capital do Zimbábue, país africano, de Masvingo, pequena cidade localizada no sul do país e que conta com uma população de aproximadamente 70 mil pessoas.

África: primeira reunião em comunidade do ZimbábueMasvingo também enfrenta a crise financeira que vitima os zimbabuanos há décadas. A situação é tão grave que o país chegou a sofrer com uma inflação de 98% ao dia, além de ver mais de 95% da população desempregada. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), em 2004, quase 70% da população vivia abaixo da linha da pobreza.

700 novos lutadores

Às 10 horas da manhã do sábado, dia 21 de outubro, 700 pessoas se reuniram em Masvingo, em um espaço destinado a eventos, para participar da primeira reunião da Universal na região. Conforme conta o bispo, o objetivo era mostrar a todos que é possível ter a vida transformada e, para isso, basta se entregar verdadeiramente a Jesus.

Mesmo sem uma sede da Universal na cidade, muito que compareceram perceberam a importância de se livrar da religiosidade cega, que vinham seguindo até então, e de utilizar sua fé em Deus de maneira racional, para que cada um construa em sua própria vida a mudança necessária.

A recepção à Universal foi tão boa que, imediatamente após a reunião, muitos pedidos foram feitos para que a Universal se instalasse definitivamente em Masvingo. De acordo com o bispo Colidiza, esse é um dos próximos objetivos. “Agora estamos trabalhando para abrir uma Universal para a população de Masvingo.”

O trabalho no local

O Zimbábue é um país africano que abriga uma população de aproximadamente 12,5 milhões de habitantes. Apesar de ter declarado independência do Reino Unido em 1965 (a princípio como Rodésia), só obteve esse reconhecimento em 1980. Desde então, luta para se estabelecer economicamente.

A Universal chegou ao país em 1995, durante um dos períodos mais complicados da história local. Entre 1991 e 1992, uma grave seca afetou a região, cuja economia é baseada na agricultura. Antes mesmo que a população se recuperasse do golpe econômico, outra seca abalou o país entre 1995 e 1996. Desde aquele período, nos mais de 20 anos que se passaram, a Universal tem se dedicado a levar fé às pessoas que lutam pela sobrevivência.

Exemplo disso foi outra ação realizada pelos voluntários recentemente. Dessa vez, a visita foi feita ao presídio de segurança máxima Chikurubi, localizado próximo à capital, Harare. Os voluntários, sob a liderança do bispo Colidiza, realizaram doações aos detentos. O mais importante, porém, foi a Palavra de Deus levada a eles. “Nós pedimos ao Espírito Santo que trabalhasse no coração dos presentes, para que eles pudessem receber a paz e a Salvação”, conta o bispo.

Esse tipo de ação tem feito com que cada vez mais pessoas conheçam a Deus e aprendam a usar a fé para vencer os problemas.

“A Universal foi perseguida por muito tempo, mas em todos os lugares, por meio da ajuda do Espírito Santo, nós prevalecemos. Agora estamos começando a ver os resultados da persistência e do trabalho duro de todos os servos de Deus”, conta o bispo.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Andre Batista / Fotos: Cedidas 


reportar erro