Notícias | - 12:05 am


A “nova” Aruna4 min read

Confira a entrevista exclusiva de Thais Melchior para a Folha Universal

A “nova” Aruna4 min read

Quase na reta final, a novela A Terra Prometida tem chamado atenção dos telespectadores pela transformação que muitos protagonistas tiveram ao longo da trama. O público tem se emocionado com o crescimento de seus personagens preferidos e, claro, com as histórias de amor. O casal da vez, sem dúvida, é Josué, papel vivido pelo ator Sidney Sampaio, e Aruna, interpretada por Thais Melchior. Aruna foi uma das personagens que mais passaram por mudanças na trama. Ela deixou de ser uma simples hebreia para se tornar a esposa do líder de Israel.

Quem é Aruna?

A jovem, que sempre achou que era órfã de pai e mãe, foi criada pelos supostos tios Léia, interpretada pela atriz Beth Goulart, e Quemuel, vivido pelo ator Raimundo Souza. Com um coração puro e temente ao Deus de Israel, ela sempre foi alvo das maldades da “prima” invejosa, Samara, interpretada pela atriz Paloma Bernardi, que tem fascinação por Josué e nunca aceitou o romance de Aruna com o guerreiro.

O que Samara não esperava é que Aruna conquistasse o coração do líder e se casasse com ele. Em entrevista exclusiva à Folha Universal, Thais, que participou anteriormente da novela Vitória, também da Record TV, conta detalhes de sua personagem atual. “Eu sempre quis fazer uma novela de época, acompanhava os trabalhos bíblicos da Record TV e ficava encantada com o figurino, a história e a fotografia. As gravações de Vitória tinham acabado e recebi um telefonema do Anderson Souza, diretor de teledramaturgia, me convidando para fazer A Terra Prometida. Fiquei muito feliz, principalmente quando soube que iria fazer Aruna”, afirma.

A bondade, a independência e o espírito guerreiro são características marcantes da personagem. Por muito tempo, Aruna escondeu de todos que era o soldado mascarado, cavaleiro que ajudava o povo de Israel na luta contra os inimigos. Durante muitos capítulos, ela salvou a pele dos hebreus. “Precisei fazer aulas de montaria, de luta com espada e assisti a diversas séries e filmes voltados para esse universo épico. Minhas inspirações principais foram as guerreiras Ayra, de Game of Thrones; e Rey, de Star Wars, explica.

A transformação

O processo de mudança da guerreira aconteceu quando ela revelou seu segredo para o líder de Israel. “Ela contou quem era para Josué e no mesmo momento ele pediu para que ela não se arriscasse mais. Ela precisava estar segura, ser uma boa esposa e futuramente mãe. Confesso que senti falta da minha guerreira, mas essa mudança teve tudo a ver com a época e o contexto da história. O telespectador entendeu que a mudança de guerreira para uma mulher mais madura era necessária, não só em nome da segurança do casal como para o papel de esposa que ela iria assumir”, enfatiza.

Para Thais, a personagem conquistou um dos seus maiores sonhos, que era se casar com um homem honrado e poder constituir família, já que nunca teve uma. A jovem ainda não sabe que seu verdadeiro pai é Quemuel, o tio que a criou, e que sua mãe é Yana (Luciana Braga), que vive ao lado da jovem, mas esconde dela sua verdadeira identidade. “Aruna tem uma grande curiosidade em descobrir quem são seus pais verdadeiros e tem esperança de que o tio possa lhe contar algo que a ajude a encontrar sua mãe”, comenta.

O aprendizado

Thais relata que tem aprendido muito com sua personagem. “Uma das características que eu mais admiro em Aruna é a sua fé inabalável. Ela encara os problemas de uma forma madura e está sempre confiante de que tudo vai se resolver de acordo com a vontade de Deus. Hoje sou uma pessoa com muito mais fé e me inspiro nas atitudes dela. Quando surge algum conflito, logo penso como ela resolveria”, destaca a atriz.

O sucesso das narrativas bíblicas da Record TV, para Thais, demonstra que a emissora encontrou uma nova linguagem para as novelas brasileiras. “São histórias conhecidas e, independentemente das crenças pessoais de cada telespectador, os temas abordados são universais e atemporais. Trata-se de uma nova maneira de fazer teledramaturgia”, finaliza.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Maiara Máximo / Fotos: Munir Chatack 


reportar erro