Notícias | - 3:05 am


“A família dele se intrometia demais e me expulsou de casa”4 min read

Veja o que Renato e Cristiane Cardoso pensam sobre esse assunto

“A família dele se intrometia demais e me expulsou de casa”4 min read

Se você acabou de se separar e deseja reconstruir seu casamento, o programa A Escola do Amor Responde desta semana pode lhe ajudar. Os professores Renato e Cristiane Cardoso tiram a dúvida de uma aluna que está enfrentando essa dificuldade e mostra os passos a serem seguidos para reconstruir o relacionamento. Confira a seguir.

Aluna – Vivi um relacionamento de cinco anos. Ele reclamava que eu tinha o gênio muito forte, mas para mim tudo ia bem, éramos felizes. Até que tivemos dois filhos e fomos morar perto da mãe dele. A partir daí nosso relacionamento acabou. Ela se intrometia em tudo a ponto de a família pegar minhas coisas, colocar em um caminhão e deixar na casa do meu pai. Hoje vivo envergonhada, me sinto rejeitada. Eu era uma pessoa que tinha tudo e que agora está “jogada” na casa dos pais. Será que há chance para mim de dar uma família aos meus filhos? Estou separada há dois anos e, desde então, nem ele nem eu tivemos outro relacionamento.

Renato – Aluna, sempre tem jeito. A questão, antes de mais nada, é se você já sabe e entendeu qual foi a sua parcela de culpa para o fim desta relação. Com certeza, ele tem a parcela dele, mas você não pode fazer nada quanto à dele, só pode fazer quanto a você. Você disse, por exemplo, que ele reclamava do seu gênio forte. Talvez esse seja um dos motivos para a família ter feito o que fez com você, ou seja, mandá-la embora. Pela forma como você descreveu que se separaram, a família dele colocou suas coisas dentro do caminhão e mandou para a casa dos seus pais, é bem provável que seja por causa do seu temperamento.

Cristiane – Aluna, você ainda não reconheceu seu problema e o que deve fazer a respeito dele. Não está olhando para as reclamações frequentes que as pessoas fazem sobre você. é claro que eles erraram ao colocar suas coisas no caminhão e deixar na casa dos seus pais, isso não se faz. Mas, veja, você escreve que vocês viviam bem antes de os filhos nascerem e de os familiares dele entrarem na vida de vocês. Mas, depois que os filhos nasceram e que chegaram novas responsabilidades e vocês foram morar próximo aos familiares dele, o relacionamento acabou. Na verdade, você deve ter ficado ainda mais estressada, justamente porque outras pessoas estavam se metendo na vida de vocês e a situação entre o casal piorou. Tudo isso quer dizer que na hora que estão com dificuldades não suportam a pressão. Na verdade, todos nós só mostramos quem somos na hora dos problemas. Porque é fácil ser uma pessoa amorosa quando tudo vai bem, é fácil ser uma pessoa agradável quando tudo vai de acordo com o que desejamos, mas é quando as coisas saem do lugar que mostramos quem somos.

Renato – Às vezes, precisamos de ajuda de quem sabe mais do que nós para resolvermos um problema. Por exemplo, digamos que seu telhado esteja com um vazamento e que toda vez que chove pinga água na sua sala. Quando você percebe que começa a estragar o seu sofá, os seus móveis, obviamente você pega um balde, até porque não terá mais o que fazer, e tenta minimizar o estrago. Aquela goteira vai parar depois da chuva, contudo, quando chover novamente, e o telhado estiver da mesma forma, a água vai continuar a cair. Nesse caso, você deverá contratar alguém que é especialista, que vai subir no telhado, e só de olhar vai saber onde está a infiltração. Com sua autorização, ele poderá fazer o trabalho de reparo. é claro que vai lhe custar alguma coisa, mas o seu problema será resolvido. Não é diferente com as questões amorosas. Se você não entende o motivo desses problemas acontecerem, não conseguirá mudar. é como a situação de ver sua sala molhando, mas não saber como arrumar o telhado. Sendo assim, é necessário buscar ajuda. Quando nós chamamos as pessoas para virem à palestra da “Terapia do Amor”, é exatamente para que elas recebam ajuda especializada, ajuda de quem entende do assunto. Nós podemos falar para qualquer pessoa sobre casamento porque nós estamos quase completando 26 anos de casados. Nós tivemos problemas no nosso casamento a ponto de quase nos separarmos. Não sabíamos como resolver os problemas e depois que aprendermos tudo que temos feito é trabalhar com casais e solteiros. Temos tanto a experiência pessoal como a de ajudar as pessoas, de olhar e detectar os problemas. Se você quer ajuda, Aluna, procure as palestras. Dessa forma, descobrirá onde está o problema de sua relação e como acabar com ele. Esse é o caminho para encontrar a solução: ouvir um especialista e deixá-lo fazer o reparo do telhado. Senão logo sua casa estará inundada.

Para saber mais como resolver os problemas da vida amorosa, participe das palestras da Terapia do Amor, todas as quintas-feiras, em uma Universal mais próxima de você. A cada palestra, casais, noivos, namorados e solteiros aprendem sobre o amor inteligente e como desenvolver o relacionamento a dois.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Lorrainne Silva / Foto: Fotolia 


reportar erro