Notícias | - 3:05 am


A ausência do pai a fez desacreditar no amor3 min read

Conheça a história de Rosângela e entenda a importância de vencer medos e traumas para conquistar a felicidade conjugal

A ausência do pai a fez desacreditar no amor3 min read

A ausência da figura paterna na sua criação fez com que a auxiliar administrativo Rosângela dos Santos Ferreira (foto ao lado), de 31 anos, crescesse sem acreditar no amor. Pelo fato de ver a mãe lutar sozinha para criar os filhos passou a acreditar que não precisava de nenhum homem para ser feliz. “Meu pai morreu quando eu era criança e, por não tê-lo ao meu lado, desenvolvi muitos complexos. Queria ser uma mulher independente como minha mãe. A forma como eu me fechava impedia qualquer homem de se aproximar de mim. Por fora eu parecia uma pessoa forte, mas por dentro era insegura”, conta.

O convite

A mãe de Rosângela, que frequentava as palestras da “Terapia do Amor”, passou a notar que a filha enfrentava dificuldades na vida amorosa e a convidou para ir às reuniões. “Eu aceitei ir com ela porque, no fundo, tinha o sonho de me casar. E foi lá que eu entendi que possuía marcas do passado que me impediam de ser segura e de ter um relacionamento. Comecei a praticar o que ouvia e aprendi a me valorizar. Passei a me sentir mais confiante e segura para entrar em um relacionamento”, acrescenta.

O encontro

Rosângela já participava da “Terapia do Amor” quando conheceu o mecânico de caminhões Tadeu Aparecido Ferreira (foto ao lado), de 32 anos. “Ele frequentava a Universal, só que ainda não ia à ‘Terapia do Amor’. Passei meses o observando e, nesse período, ele começou a ir às palestras”, diz.

Por sua vez, Tadeu tinha um temperamento explosivo e sabia que esse sentimento o afastava das pessoas. “Eu era vazio e tentava preenchê-lo com coisas supérfluas. Na ‘Terapia do Amor’ passei por um processo de reconstrução e aprendi a lidar com os meus sentimentos e as minhas reações. A cada palestra aprendi uma ferramenta nova para lidar com as situações e gradativamente fui me tornando uma nova pessoa”, se recorda.

Curado de seus problemas interiores, Tadeu começou a conversar com Rosângela, em setembro de 2015. Depois disso começaram um relacionamento mais sério. “Em fevereiro de 2016 assumimos o namoro e noivamos em agosto do mesmo ano. Eu estava certo do que queria com a Rosângela. Já estava curado e tudo o que eu mais queria era fazê-la feliz”, conta.

Não demorou muito para que eles decidissem se casar. “Foi exatamente como sonhávamos. Nos casamos em 18 de fevereiro de 2017, na Universal do Bairro Jardim Carolina, em Bauru, interior de São Paulo. Não pensamos duas vezes onde seria a cerimônia, porque foi ali que encontramos a direção e a força para vencermos os nossos problemas”, observa Rosângela.

Casados há quase quatro meses, eles seguem aprendendo juntos e têm uma nova visão do significado do amor. “Continuamos na ‘Terapia do Amor’ para nos mantermos blindados. Hoje vejo pela minha própria vida que é possível ser feliz nessa área. Basta querer e buscar o caminho certo para vencer os traumas e medos”, conclui ela.

Quem deseja se casar na Universal, pode acessar o site universal.org/casamento ou entrar em contato pelo setorcasamentos@universal.org.br ou pelos telefones (11) 5644-5012/5163/5208

Para saber mais como resolver os problemas da vida amorosa, participe das palestras da Terapia do Amor, todas às quintas-feiras, em uma Universal mais próxima de você. A cada palestra, casais, noivos, namorados e solteiros aprendem sobre o amor inteligente e como desenvolver o relacionamento a dois.


Universal.org - Portal Oficial da Igreja Universal do Reino de Deus
  • Por Ana Carolina Cury / Fotos: Paulo's Foto & Vídeo Digital 


reportar erro